Energia

A energia em si mesma nunca é um bem de consumo final, antes é um bem intermédio para satisfazer outras necessidades da produção de bens e serviços. Ao ser um recurso escasso, a energia é uma fonte rentável de negócios para controlar os recursos energéticos.

Segundo o critério da utilização ou não de certas matérias primas, tais como combustíveis ou minerais radioativos, existem dois grandes grupos de fontes de energia passíveis de exploração: as energias não renováveis e as energias renováveis.

As energias não renováveis, tal como o nome indica, encontram-se na natureza em quantidades limitadas e uma vez consumidas, não podem ser substituídas. Este tipo de energia obtém-se a partir dos minerais fósseis e dos minerais radioativos, pelo que podemos distinguir dois tipos: 

  • Energias convencionais: utilizam combustíveis fósseis tais como o petróleo, o carvão ou o gás natural;
  • Energia atómica ou nuclear: utiliza minerais radioativos tais como o urânio e o plutónio. 

As energias renováveis obtêm-se a partir das fontes naturais virtualmente inesgotáveis, seja por causa da imensa quantidade de energia que contêm, seja porque são capazes de regenerar-se por meios naturais.

São as seguintes:

  • Energia eólica, obtida a partir do vento
  • Energia geotérmica, que se obtém mediante o aproveitamento do calor do interior da Terra.
  • Energia hidráulica, obtida do movimento das correntes de água, saltos de água ou marés.
  • Energia motriz das marés, que se obtém aproveitando a força das marés.
  • Energia solar, proveniente do aproveitamento da radiação eletromagnética procedente do Sol.
  • Energia cinética, produzida pelo movimento.
  • Biomassa: o termo pode ser utilizado como uma definição direta para o caso da lenha, por exemplo, ou indireta, no caso dos biocombustíveis (o etanol, por exemplo, pode obter-se a partir da destilação do vinho, ou o gás metano obtido a partir dos resíduos orgânicos).
  • Energia térmica oceânica, que se obtém utilizando a diferença entre as águas oceânicas superficiais, mais quentes, e as profundas, mais frias, para mover uma máquina térmica e produzir, assim, eletricidade.
  • Energia osmótica, que é obtida pela diferença da concentração do sal entre a água de mar e a água dos rios, ao pôr em contato os dois tipos de água, mediante uma membrana que permite passar a água, mas não o sal.
  • Energia termoelétrica (gerada por termopares), que é a energia produzida quando se colocam em contato dois metais distintos a temperaturas diferentes formando uma união, sendo que entre ambos os lados dessa união se gera uma força eletromotriz.
  • Energia nuclear de fusão, que consiste numa experiência científica que tenta demonstrar que é possível produzir energia mediante a fusão nuclear para fins comerciais.

Bem informada sobre o plano de desenvolvimento de infra-estruturas em zonas chave do mundo, a nossa empresa trabalha para enlaçar negócios nas diferentes áreas da produção energética, estudando e propondo projetos à escala da atividade dos nossos clientes.

CONTATO

GV. Marqués del Turia, 54, 4º pta 8

46005 Valencia, Spain

Phone: + 34 963 356 170

Fax: + 34 963 341 987

E-mail: info@foceconsultora.com

OFFICES:

· Valencia

· Rio do Janeiro

· Panama

· Addis Abeba

· Kuwait

Twitter